quarta-feira, 22 de junho de 2016

Obediência a Deus
João 14. 21- Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda esse é o que me ama; e aquele que me ama será amado de meu Pai, e eu o amarei, e me manifestarei a ele.
Introdução: Cada um de nós deve se perguntar a si mesmo porque obedecer aos mandamentos de Deus? É por medo da punição? É porque desejamos as recompensas de uma vida justa? Ou é porque amamos a Deus e a Jesus Cristo e queremos servi-lo? Quando obedecemos por medo da punição isso não é correto, mas ainda assim é melhor do que não obedecer. Porém seremos muito mais felizes se obedecermos a Deus porque o queremos e o amamos, quando obedecemos voluntariamente ao Senhor, Ele nos abençoa. Entretanto aqueles que esperam ser mandados e guardam os mandamentos de má vontade, estes desagradam ao Senhor. Quando desobedecemos a Deus, trazemos para nós mesmo, males que certamente influenciarão negativamente nas nossas vidas e que impedirá de recebermos vitórias que almejamos.
No livro de Daniel nós podemos constatar exemplos de verdadeiros jovens obedientes, tementes, adoradores e fieis ao Senhor.
Daniel 1.3-4-6 e 7.
3  E disse o rei a Aspenaz, chefe dos seus eunucos, que trouxesse alguns dos filhos de Israel, e da linhagem real e dos príncipes,
4  Jovens em quem não houvesse defeito algum, de boa aparência, e instruídos em toda a sabedoria, e doutos em ciência, e entendidos no conhecimento, e que tivessem habilidade para assistirem no palácio do rei, e que lhes ensinassem as letras e a língua dos caldeus.
6  E entre eles se achavam, dos filhos de Judá, Daniel, Hananias, Misael e Azarias;
7  E o chefe dos eunucos lhes pôs outros nomes, a saber: a Daniel pôs o de Beltessazar, e a Hananias o de Sadraque, e a Misael o de Mesaque, e a Azarias o de Abede-nego.
Os quatros jovens judeus escolhidos tinham nomes de significado importante para Deus. Daniel significa “Deus é meu juiz”; Misael “Quem é como Deus?”; Hananias “Javé é gracioso” e Azarias “Javé é meu ajudador”. E agora seus novos nomes tinham referencia a deuses pagãos e apesar do ambiente pagão a qual passariam a viver, esses jovens tinham convicção de quem eram e a quem deviam lealdade somente ao Deus verdadeiro, o nosso Deus a qual conhecemos. Será que você se manteria fiel e obediente se passassem a viver em um lugar contrário a palavra de Deus? Aqueles jovens conseguiram!
E agora eu te convido a refletir comigo, primeiro que o rei não queria jovens com qualquer aparência, (Dn. 1.3-4) e aqueles quatros jovens tinham ótima aparência, por quê? Por que sabiam que Deus também não, aceita, termos qualquer aparência e eles eram jovens obedientes a Deus. E agora eu te pergunto como estar a sua aparência diante de Deus? Qual será a sua aparência na escola onde você estuda, na rua que você mora? Será que sua aparência e comportamento condizem com um jovem cristão? Será que o seu comportamento e sua aparência fora da igreja estão de conforme com os padrões cristãos? Se você tem uma aparência e comportamento que não corresponde a um jovem cristão quando você está fora da igreja, você está errado. Se você engana a seus pais, pastores e líderes saibam que a Deus você não pode enganar, e que Deus não tem vocês por inocentes, vocês podem ser jovens, mais jovens com capacidade de saberem o que é certo e errado, de discernir o que é pecado e o que agrada a Deus e que a consequência da sua desobediência implicará de forma negativa na sua vida a qual tende a causar sofrimentos para você e aqueles que te amam. O desejo de Deus é que você seja obediente aonde quer que você esteja em qualquer lugar onde você estiver. Não podemos brincar de ser cristãos, mas que sejamos verdadeiramente tementes e obedientes ao Senhor.
         E a bíblia conta que no segundo ano do reinado de Nabucodonosor, o rei teve um sonho, o qual perturbou muito, e o rei queria saber a interpretação do sonho, mas nenhum de seus magos e sábios soube interpretar, e rei muito irado baixou um decreto a qual matasse todos os magos e sábios porque nenhum deles sabia revelar e interpretar o seu sonho. Então chegou o oficial do rei para buscar a Daniel e seu companheiros porque eles também eram sábios e para que fossem mortos. Porém Daniel foi até a presença do rei e pediu um tempo e ele revelaria ao rei a interpretação do seu sonho. E aconteceu que Daniel e seus companheiros oraram ao Senhor e Deus revelou para ele através de uma visão de noite, qual era o sonho do rei e a sua interpretação e Daniel agradeceu ao Senhor pela sabedoria dada a ele. Então Daniel foi à presença do rei e lhe falou toda revelação e interpretação do sonho. E depois que Daniel revelou, veja o que o rei disse a ele: (acompanhe a leitura). Daniel 2.47-49.
47  Respondeu o rei a Daniel, e disse: Certamente o vosso Deus é Deus dos deuses, e o Senhor dos reis e revelador de mistérios, pois pudeste revelar este mistério.
48  Então o rei engrandeceu a Daniel, e lhe deu muitas e grandes dádivas, e o pôs por governador de toda a província de Babilônia, como também o fez chefe dos governadores sobre todos os sábios de Babilônia.
49  A pedido de Daniel, constituiu o rei a Sadraque, Mesaque e Abede-nego sobre os negócios da Babilônia.
         Veja o que aconteceu com o nome do nosso Deus exaltado por um rei pagão por causa da obediência, fidelidade, e amor de Daniel a Deus. E o que você faz para que o nome do nosso Deus seja exaltado? Será que você tem procurado exaltar o nome de Deus ou tem envergonhado o nome de Jesus Cristo? Com maus exemplos e fazendo o que o mundo quer você faça. Será que você permanece fiel e obediente a Deus frente às más influências? Ou você se deixa influenciar se contaminando com o pecado e envergonhando a sua fé e o nome do nosso Deus.
         Obediência requer renuncia, renunciar as nossas próprias vontades, prazeres e desejos. Quem não renuncia não obedece, não há como obedecer a Deus ao mesmo tempo satisfazer os desejos da nossa carne. Jesus renunciou toda a sua glória como Filho Unigênito, renunciou o seu trono nos céus, e se tornou um simples servo, que pregava a paz, o amor e o Reino de Deus. É o exemplo de Jesus Cristo que devemos seguir. Ama-lo e obedecê-lo fazendo a sua vontade. Daniel provou sua lealdade a Deus, que nós possamos também provar nossa fidelidade renunciando todas as coisas que não agrada ao Senhor.
         Se você estiver fazendo algo de errado, que entristece e envergonha a Deus, abandone hoje, se arrependa porque o coração quebrantado e arrependido agrada ao Senhor, não brinque com Deus, Deus é amor, mas também é justiça, estar escrito em I João 4.8 Aquele que não ama não conhece a Deus; porque Deus é amor. Em Jeremias 23:6 – O Senhor como a nossa justiça. E por causa desse amor e justiça, Deus ele age com punição. Em provérbios 3.12 Porque o SENHOR repreende aquele a quem ama, assim como o pai ao filho a quem quer bem. Vamos ser obedientes a Deus e fazer a sua vontade! Amém!
 E a fé e obediência daqueles jovens mais uma vez foi testada em Daniel cap.3 conta que o Rei Nabucodonosor fez uma grande estatua de ouro da sua própria imagem para que fosse adorado por todos, e aquele que não adorasse seria lançado na fornalha de fogo ardente. Porém Sadraque, Mesaque e Abde-nego, não se curvaram diante a estátua do rei, e logo homens o denunciaram ao rei. E o rei irado mandou chamar os três jovens e disse vou pedir que toquem as trombetas novamente e ao toque vocês se prostrarão para adorar-me. Mas, se não a adorardes, sereis lançados, na mesma hora, dentro da fornalha de fogo ardente. E quem é o Deus que vos poderá livrar das minhas mãos?
E olha só o que eles responderam ao rei.
Daniel 3. 16-18
16  Responderam Sadraque, Mesaque e Abednego, e disseram ao rei Nabucodonosor: Não necessitamos de te responder sobre este negócio.
17  Eis que o nosso Deus, a quem nós servimos, é que nos pode livrar; ele nos livrará da fornalha de fogo ardente, e da tua mão, ó rei.
18  E, se não, fica sabendo ó rei, que não serviremos a teus deuses nem adoraremos a estátua de ouro que levantaste.
            E o rei enfurecido mandou aquecer a fornalha sete vezes mais e que lançassem os três jovens dentro dela, e estava tão quente que os homens que lançaram os três jovens morreram, mas a Sadraque, Mesaque e Abede-nego Deus deu livramento, pois havia um anjo com eles dentro da fornalha, e todos puderam ver que não tinha três e sim quarto homens passeando dentro da fornalha sem que nada lhes acontecesse e o rei abismado bradou Sadraque, Mesaque e Abde-nego servos do Deus altíssimo saiam de dentro da fornalha. Olha o que falou o rei. Daniel 3. 28-30
28  Falou Nabucodonosor, dizendo: Bendito seja o Deus de Sadraque, Mesaque e Abednego, que enviou o seu anjo, e livrou os seus servos, que confiaram nele, pois violaram a palavra do rei, preferindo entregar os seus corpos, para que não servissem nem adorassem algum outro deus, senão o seu Deus.
29  Por mim, pois, é feito um decreto, pelo qual todo o povo, e nação e língua que disser blasfêmia contra o Deus de Sadraque, Mesaque e Abednego, seja despedaçado, e as suas casas sejam feitas um monturo; porquanto não há outro Deus que possa livrar como este.
30  Então o rei fez prosperar a Sadraque, Mesaque e Abednego, na província de Babilônia.
Conclusão

Esses três jovens nos deixam um grande aprendizado, mesmo sob ameaça de morte, eles permaneceram fieis e obedientes a Deus e conseguiram através de sua fé engrandecer o nome de Deus novamente   E aos jovens que estão aqui que vocês possam seguir este exemplo de fé e obediência, recusem as oferendas do mundo: drogas, bebidas, prostituição e muitas outras coisas. Não se incomodem em ser chamados de careta, não queiram se igualar a eles, lembre-se que você é filho do Deus altíssimo e que Ele comtempla o teu comportamento e te abençoará se você engrandecer o nome dele através de suas ações fazendo o que é certo diante Deus. Sejam também obedientes aos seus pais, líderes e pastores e você será um jovem grandemente abençoado por Deus.  (momento de louvor e apelo)

Sâmara Alencar

Nenhum comentário:

Postar um comentário